domingo, 5 de julho de 2015

Eu tenho um pé de pássaros!

Do meu pé de passarinhos

Eu tenho um pé de pássaros.
Já faz algum tempo que comecei a colecionar  pássaros num pé de árvore.
Meus pássaros são exóticos. Eles habitam as redondezas e voam todos os dias para a minha árvore.
São atraídos pelos alimentos que lhes ofereço e pelo amor que lhes devoto.
Eles consomem 28 bananas e 3 mamões papaia na semana. Quando vou ao supermercado eu sempre gasto um pouco com eles. Como se fosse uma dádiva que devolvo para a natureza que me acolhe. Nós precisamos disso para sermos melhores. Precisamos amar mais e desinteressadamente. Precisamos criticar menos e contribuir mais com tudo o que nos rodeia.
O homem precisa estar atento às necessidades do mundo.
Se não há mais árvores frutíferas é preciso que o homem repense a natureza. Se cada pessoa plantasse no seu quintal um pé de pássaros o canto ecoaria pelos ares e seriam mais felizes aqueles que não tem em quem acreditar.
Meus pássaros são perfeitos professores. Me falam de amor, de respeito e de liberdade. 
Eles gozam de algo muito bonito: a liberdade! Não preciso de grades para tê-los comigo.
Preciso suprir as necessidades deles, dar-lhes a segurança de um lugar e gastar dez minutos a cada dia. É uma troca pela qual me interesso.
Eles me enchem os olhos de cores e tocam músicas lindas para que eu me sinta feliz ao ouvi-los. Todos poderiam cultivar árvores e colecionar pássaros. Eles habitam os ares e voam trazendo encantamento para quem os observa.
 A vida seria mais simples, as cores seriam mais nítidas, a alma seria melhor. Basta um pouco mais de calma para alimentar o bom senso e aprender com a natureza sobre o amor. O amor não é troca. O amor é dar. Quando você dá sem pensar em receber você sai das pequenices e vai para a essência da vida. 
Meus pássaros habitam um mundo egoísta e mau de seres que só pensam em si próprios. Então eu sinto todos os dias o desejo de ajudá-los! O amor é assim... primeiro brota dentro da gente o desejo de ser especial para o outro. Se houvesse amor não estaríamos tão sombrios e desesperançados. 
Um pé de pássaros seria um remédio eficaz para quem está deprimido, para quem se entristeceu, para quem perdeu seu espaço. E basta tão pouco para sentir esta ternura gratuita.
Tomara que hoje você cultive o amor dentro de si. E que esse sentimento de amor te faça refletir mais, contribuir mais, agradecer mais e fazer mais pelo mundo em que vive.
Eu te desejo um dia com alma de pássaro para que aprenda a se desamarrar de sua gaiola interior e viver o amor na sua essência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Voando por aqui . . .